Você já deixou de fazer algo por causa da opinião de outras pessoas?

reprovacaoJá aconteceu de você querer muito uma determinada coisa em sua vida, daquelas que você sabe que lhe farão absurdamente feliz, mas deixou de fazer por conta do olhar ou opinião de outras pessoas?

Ou até mesmo nem considerou ir ou fazer pela possibilidade de como você seria visto pelo mundo?

  • Mas o que vão falar de mim?
  • Se ficarem olhando para mim?
  • Se deixarem de falar comigo?
  • Se me ignorarem?

Então, o que você está querendo fazer ou ter não tem uma verdade para você uma vez que o que o outro pode considerar tem muito mais relevância do que seu desejo em si.

Agora te pergunto: e dai se falarem? E dai se olharem?

E dai?

Quanto tempo perdemos tentando bancar algo que não é nossa verdade ou a nossa essência porque a sociedade vai pensar ou falar o que de mim….

Com uma certa frequência me deparo com pessoas que criticam seus corpos, criticam suas conquistas e ficam buscando formas de esconder isso para que outras pessoas não possam perceber ou notar determinada coisa.

E o esforço para esconder isso é tão grande, que a pessoa acaba esquecendo de voltar a olhar para si mesma com os olhos do amor.

Por exemplo: Pode ser que eu deixe de usar um determinado tipo de roupa, pois tenho vergonha de alguma parte do meu corpo. Mas o meu corpo é perfeito do jeito que ele é. Eu só sou o que sou, porque aquele corpo é meu e me representa, goste eu ou não. O fato de eu ficar me criticando, não vai fazer aquela determinada parte ficar do jeito que eu gostaria, e muito pior, o fato de eu criticar essa determinada parte e falar para as outras pessoas notarem, não mudarão minha realidade.

Os olhos com críticas são os nosso piores inimigos. E esses olhos são nossos mesmos.

Então aceite: O seu corpo é assim. E está tudo maravilhosamente bem.

Porque damos tanta importância para o que os outros pensarão ou acharão de nós?

Se a vida é sua, porque dar tanta importância para o olhar ou a crítica do outro, que no final das contas, só diz respeito ao que ela pensa.

Tem pessoas que gostam de doce, tem pessoas que gostam de salgado. E tudo bem…

Tem pessoas que gostam do dia e tem pessoas que gostam da noite. E tudo bem.

Tem pessoas que gostam da praia, outras que gostam do campo…. E tudo bem.

O meu corpo é do jeito que é…. Eu olho ele nos espelho e tudo bem.

Ele é perfeito do jeito que é.

As minhas escolhas, são perfeitas, do jeito que são.

O fato de alguém concordar ou não, não tem importância, por que no final das contas, quem vai arcar e bancar a decisão e a escolha: Sou apenas eu.

Então, vou viver minha vida e o que os outros acham, não importa mais.

Liberte-se!

Assinatura - Marilice Everton Zanato - Psicóloga Clinica Organizacional e facilitadora em constelação familiar individual com bonecos www.mezpsicologia.com.br

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s